#Uniforme das Obreiras

Obreiras do Senhor
Tudo, porém, seja feito com decência e ordem. I Co 14.40

Uniforme Mulheres

Uniforme para Mulheres

Para ajudar nas reuniões, é imprescindível que os obreiros (as) utilizem o uniforme. Existem diversas composições do uniforme que atendem às necessidades específicas de cada situação. Por isso, é preciso seguir fielmente o modelo adequado, de acordo com a reunião em que ele será utilizado.

 

UNIFORME AUTORIZADO PARA AS MULHERES:

Disponibilizamos aos obreiros o “Manual do obreiro ”. Ele é o instrumento com o qual poderão esclarecer qualquer dúvida que porventura surgir na realização do serviço voluntário na Igreja. Aqui os obreiros saberão o que se espera deles, bem como lhes garantirá a certeza de que seus atos estão sendo praticados irrepreensivelmente.

Conforme cremos, o Espírito Santo dirige toda a Obra e escolhe Seus servos para cumprirem Seus propósitos. Sabedores disso, não há necessidade de questionar algumas limitações colocadas aqui como normas, porque a obediência a elas trará resultados satisfatórios e, principalmente, agradará a Deus, de forma que o obreiro será capacitado para a realização da obra de Deus.

SUAS VESTES
Não há nenhuma outra roupa, por mais cara que seja no mundo da moda, que se compare ao valor espiritual que o uniforme de obreiro tem. Por isso, não devemos tratar um tesouro inestimável como este de forma relaxada, mas com zelo e reverência.
“Se Deus não é visível na pessoa, então não houve o batismo com o Espírito Santo”.

Para se ter um comportamento irrepreensível

Ser batizado com o Espírito Santo vai muito além do falar em línguas ou pregar. Significa ter o Espírito de Deus encarnado em nós. E da mesma forma como Ele usou, guiou e Se serviu do Senhor Jesus quando esteve como homem neste mundo, deseja fazer com cada um de Seus filhos.
O Espírito Santo nos dá condições de sermos uma cópia fiel do Senhor Jesus, de maneira que todos aqueles que olham e convivem conosco O vejam claramente.
E como ninguém gosta de conversar com pessoas mal-educadas e que não sabem respeitar o limite do próximo, seguem abaixo dicas básicas para um comportamento exemplar:

CORTESIA:

Cumprimentos são gestos de educação, portanto, é necessário dar “Bom dia!”, “Boa tarde!”, “Boa noite!”, “Seja bem-vindo (a)!”, “Em que posso lhe ajudar?”, “Obrigado (a)!, “Com licença…”, “Desculpe…”, “Por gentileza…”, “Por favor…”, “Não por isso…”, “Por nada…”etc;

RECEBA AS PESSOAS COM UM SORRISO:

Um sorriso genuíno passa confiança. Um rosto sisudo (fechado) pode impedir o sofrido de se aproximar em busca de ajuda. Demonstre que você está disponível para ajudar e tem prazer em fazê-lo.

SEMPRE FALE DE UMA MANEIRA EDUCADA:

Conheça o volume da sua voz, levando em conta que o tom ideal e confortável de se ouvir é o médio. Quem fala alto ou muito baixo causa desconforto nas pessoas. Procure pronunciar todas as letras das palavras que irá falar. E não se esqueça de ser um bom ouvinte, sendo assim, espere o momento adequado para falar.

CUMPRIMENTAR AS PESSOAS:

Os cumprimentos formais exigem um aperto de mão ou uma leve inclinação da cabeça para baixo. Seja gentil ao falar com as pessoas. Adote um tratamento educado e respeitoso, indistintamente. Ao dirigir-se a alguém, trate-o por “Senhor” ou “Senhora”. Assim, a maneira correta de abordar alguém é: “Com licença, senhor João”; “Boa noite, senhora Joana”. Evite usar a expressão “Dona” isoladamente.

AO SER APRESENTADO (A) A ALGUÉM:

Olhe nos olhos da pessoa, sorria e lembre-se do nome dela durante a conversa.

INTEGRIDADE PESSOAL:

Devemos preservar a integridade e a dignidade das pessoas. Quando elas manifestarem com demônios, precisam de toda consideração, respeito e paciência.

DISCRIÇÃO E EQUILÍBRIO:

Uma das características mais importante de um obreiro é saber se portar com discrição nos assuntos que lhe foram confiados. Seja sereno e equilibrado para poder ajudar as pessoas.

DISCRIÇÃO E SUTILEZA:

Uma pessoa sutil é hábil e talentosa, tem discernimento. Os obreiros que são sutis têm como característica serem discretos. Eles possuem equilíbrio e serenidade para guardarem os assuntos que a pessoa lhes confiou.

PONTUALIDADE:

Uma pessoa pontual demonstra ser responsável, competente e que sabe organizar o seu tempo. Portanto, planeje chegar com antecedência. Assim, estará disponível para atender as pessoas.

SANTA CEIA:

É a cerimônia mais importante da Igreja. O Bispo nos alerta “que sentar à mesa com Senhor Jesus exige responsabilidade.” Por isso, enquanto ela é servida, não é correto falar ou cantar, mas expressar temor, por meio do silêncio, a reverência que ela exige.

Os dias de Santa Ceia merecem uma preparação adequada. Por isso, todos os obreiros devem estar devidamente uniformizados e prontos para servi-la. As obreiras que possuem cabelos médios e longos devem seguir a recomendação básica de prender os cabelos, conforme a orientação do manual.

Em tudo o que fizer, dê o melhor de si. Lembre-se de que tudo o que se faz para Deus é uma oferta e, para que Ele a receba, deve ser o seu melhor.

ORIENTAÇÃO SOBRE A MANEIRA CORRETA DE SERVIR A SANTA CEIA:

Ao servir a Santa Ceia, segure sempre a bandeja com as duas mãos. Aproxime-se das pessoas o suficiente para servi-las.
Faça de modo seguro, sem esticar totalmente os braços, pois isso faz com que os elementos fiquem vulneráveis.

Sobre o uniforme

Para ajudar nas reuniões, é imprescindível que os obreiros (as) utilizem o uniforme.Existem diversas composições do uniforme que atendem às necessidades específicas de cada situação. Por isso, é preciso seguir fielmente o modelo adequado, de acordo com a reunião em que ele será utilizado.

As peças do uniforme são exclusivamente para uso na igreja. Portanto, não devem ser usadas separadamente para outros fins.

ORIENTAÇÃO SOBRE O USO DO CRACHÁ:

O crachá é a identificação do (a) obreiro (a). Portanto, a recomendação é fixá-lo de forma que facilite a sua visualização. Não é recomendado o uso na cintura, pois leva as pessoas a descerem o olhar para conseguirem visualizá-lo.

Para as obreiras, a posição indicada é na altura do primeiro botão do spencer, blazer ou blusa com gola echarpe. Para os obreiros, a orientação é prendê-lo na camisa, na altura do terceiro botão, e ajustá-lo sobre a gravata.

Orientações sobre higiene

HIGIENE BUCAL:

 A escovação dos dentes e da língua é fundamental para cuidar da saúde bucal e evitar desconfortos, como o mau hálito.
 Origens do mau hálito:
 Problema de estômago;
 Problema nos dentes, língua, garganta etc.;
 Jejuns prolongados;
 Doenças como faringite, estomatite, gastrite, úlcera;
 Uso de alguns medicamentos.
 Em todos os casos, recomendamos procurar ajuda especializada de um médico (gastroenterologista) ou um dentista, evitando situações constrangedoras.

DICAS PARA AS AXILAS:

Para regular a transpiração excessiva do corpo, existem produtos desenvolvidos para cada tipo de pessoa. Há diversos desodorantes e antitranspirantes disponíveis no mercado, permitindo a escolha da opção que melhor atenda à necessidade particular de cada um. O importante é que ele ajude na manutenção do bem-estar tanto da pessoa, como daqueles que a cercam.

COMO USAR O PERFUME CORRETAMENTE:

 Existem áreas específicas do corpo onde o perfume pode ser aplicado e ajudarão a mantê-lo (a) perfumado (a) o dia todo: nuca, atrás das orelhas, pulsos, dobras dos cotovelos e atrás dos joelhos.
 Recomenda-se o uso de fragrâncias suaves, não marcantes e sem exageros. Assim, evitará provocar desconfortos nas pessoas, como espirros, alergias, enxaquecas etc.

Como agir nas reuniões

 Antes do início das reuniões, é recomendado que os obreiros se reúnam para uma oração de fé de, no máximo, cinco minutos. Devem entregar suas vidas nas mãos de Deus, interceder para que não haja interrupções na reunião e para que o povo seja abençoado. Esta oração pode ser feita na frente do Altar ou conforme a instrução do seu pastor.

 Quando os obreiros são dedicados e se dispõem a cuidar do povo, sem se distrair com conversas paralelas, eles conquistam a confiança e o respeito das pessoas.

INSTRUÇÕES COM RELAÇÃO ÀS CRIANÇAS

– Os obreiros devem receber as pessoas acompanhadas de crianças e conduzir estas para a EBI. Mediante a presença do responsável, portando documento com foto, a educadora receberá a criança e registrará sua permanência, permitida apenas durante a reunião. Caso o responsável não queira deixá-la na EBI, e sim no salão da reunião, deve ser orientado a escolher lugares de mais fácil locomoção, como os últimos e as extremidades das fileiras. É dever do obreiro orientar o povo educadamente sobre isso para evitar desconforto às crianças e transtorno nas reuniões.

CONSELHOS PARA O BOM ANDAMENTO DA REUNIÃO

 É imprescindível aos obreiros que os mesmos zelem pela organização da reunião. Há inúmeras atividades que eles podem desempenhar, como por exemplo o atendimento das pessoas presentes na reunião, antes e após, dentre outros que se seguem:

 Ao começar a reunião, é indispensável que os obreiros estejam a postos no salão, para que, dessa forma, possam realmente ajudar o pastor a ser usado por Deus para salvar as pessoas sedentas e levá-las a uma mudança de vida.

 Estar sempre atento às pessoas que têm dificuldade, especialmente pessoas com algum tipo de deficiência, idosos e gestantes. Quando solicitado os ajude a encontrar os sanitários, em manejar a Bíblia, marcar atendimento com o pastor ou esposa etc.

 Procure responder corretamente as dúvidas e questionamentos das pessoas. Caso, não saiba a resposta, favor direcioná-las ao pastor da igreja.

 Atenção a qualquer eventualidade, que possa atrapalhar o andamento do culto, como: toques de celulares ou dispositivos móveis, roubos, crianças chorando etc.

 Após a reunião, primar pela limpeza e organização da igreja.

Igreja do Avivamento Cristão.